As pilhas

Quando o meu irmão Quim nasceu eu tinha sete anos. A minha mãe ia trabalhar para o campo e, eu, cuidava do garoto. Não que gostasse muito de o fazer mas era obrigada. Mesmo contrariada, que remédio! Mas eu tinha um segredo que era só meu: o puto adorava musica! 😀 Assim que a minha mãe saia para o trabalho, eu ligava a telefonia a pilhas e pirava me para a brincadeira. De vez em quando, vinha espreitar o catraio. Enquanto houvesse musica, ele não piava! :D  A minha mãe dizia à minha irmã que as pilhas não valiam nada pois, antes duravam mais de o dobro do tempo a gastarem-se e, agora,  gastavam se “enquanto o diabo esfrega um olho” 😀 Eu caladinha no meu canto! é que as pilhas já eram caras em 1969. Um dia a minha mãe cortou um dedo de um pé lá no trabalho. Voltou para casa mais cedo e descobriu me o segredo! Ralhou um pouco e …….   depois começou a usar a telefonia para adormecer o cachopo!😀😀

Abraços

2 responses to “As pilhas

  1. Já eras mt espertinha já…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s