“Os restos”

Aqui em Romont há uma pequena tradição que eu sempre achei excelente. Quando os miúdos saem da escola vão às padarias, há três aqui na vila, e perguntam: a senhora tem restos? Se a resposta é negative dizem adeus e vão embora. Se a resposta é positiva, passam uns atrás dos outros e a senhora que serve da os restos do dia: bolos, croissants, mousses paezinhos,etc.. Tudo o que sobra. Acho que é melhor que deitar tudo à noite para o lixo. A primeira vez que eu soube disto estava deitada numa cama de hospital, cheia de costuras por todo o lado, tubos, tubinhos e companhia. O Mauro veio ver me e, como tinha entrado há pouco para a escola começou a contar a historia “des restes” Já lá vão 16 anos mas a dor que senti de tanto rir, as vezes que lhe disse para parar d contar senão os meus milhares de pontos iam rebentar, isso eu não vou esquecer nunca! Espero que os meus “putos” nunca se esqueçam “des restes” e sejam também generosos com os outros. Abraços

Romont2

Romont

2 responses to ““Os restos”

  1. Tantas vezes que lá fui… Os meus preferidos eram os “ferros de cabalo”😀 Assim não soa muito bem…

    Quanto à generosidade, já sabes como eu sou, dou um presunto a quem me dá um porco…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s