O Raul

Em 2004, quando morava em Portugal, tínhamos lá em casa um peixinho vermelho chamado Raul. O Raul morava num aquário redondo em cima da banca da cozinha, num sítio onde lhe dava um solzinho de vez em quando. Mesmo que digam que a memória dos peixes é de cinco segundos, o Raul, quando batíamos no vidro do aquário vinha ao cimo da água pois sabia que a paparoca ia chegar. Um dia o Raul tinha uma ferida na cauda. Como sabíamos que uma ferida num peixe quase sempre é fatal, decidimos fazer lhe um curativo de Betadine que para quem não sabe é uma solução ou uma pomada desinfectante. Com a ajuda dos meus filhos preparamos a pomada num cotonete e tiramos o Raul do aquário para lha pôr. Raul para a água e pronto, tudo catita! Só no dia seguinte vimos que boiava no aquário. Se calhar a Betadine diluída na água não foi lá muito para a saúde dele. Não morreu do mal morreu da cura Coitado do Raul!!

Abraços

One response to “O Raul

  1. Eu só me lembro de ele ter morrido… Não me lembro de ter ajudado ng a drogar o pobre do peixe😀

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s